NA SEMANA DO ANIVERSÁRIO DE CURITIBA, CÂMARA HOMENAGEIA PERSONALIDADES

Duas sessões solenes foram realizadas no Palácio Rio Branco, nas noites de terça (26) e quarta-feira (27), para homenagear cidadãos, empresas e entidades de destaque. Os prêmios Cidade de Curitiba, Cultura e Divulgação, Consagração Pública e Mérito Esportivo, marcam o aniversário de 326 anos da capital, celebrado no dia 29 de março.

Prêmio Cultura e Divulgação

Voltados aos profissionais das artes e da comunicação, esta premiação é realizada pela CMC há 23 anos. Este ano, o prêmio foi concedido à 21 pessoas. Por indicação de Mauro Ignácio, Antonio Kucaniz, 95 anos, recebeu a homenagem. Ele dedicou grande parte de sua vida ao desenvolvimento e à promoção da cultura polonesa no bairro Abranches e em Curitiba. Na Paróquia Sant’Anna, além de prestar serviços comunitários, participava do coral e organizava festas e eventos religiosos. Devido a esta dedicação à cultura, por impressionantes 35 anos foi presidente da Sociedade Cultural Abranches.

Prêmio Consagração Pública

É destinado a pessoas jurídicas que se destacaram no exercício de suas atividades em questões importantes para Curitiba, como produtividade, tecnologia, preocupação com o meio ambiente e participação na solução de problemas sociais e comunitários.

Para esta premiação, Ignácio homenageou a ONG Vai Cair na Prova, representada na solenidade pelos professores Victor Marques e Matheus Heine. Fundada com o intuito de amenizar a defasagem que estudantes apresentavam em diversas áreas do conhecimento, nos moldes de um curso pré-vestibular, a ONG oferece gratuitamente aos alunos preparação para o ENEM. Com professores e coordenadores voluntários, obtém excelentes resultados com aprovação de alunos em importantes instituições de ensino.

Prêmio Mérito Esportivo

Agracia personalidades que se destacaram em práticas esportivas, em nível nacional ou internacional – sendo atribuído àqueles que prestaram inegáveis e assinalados serviços ao desporto curitibano através de conquistas atingidas ou convocações a representações nacionais, por exemplo.

Rolando Ferreira Junior, ex-jogador de basquete e, atualmente, professor universitário de Educação Física, foi indicado pelo vereador para receber a premiação. Defendendo a Seleção Brasileira, Junior foi campeão nos Jogos Pan-Americanos em 1987, participou de três Mundiais e duas Olimpíadas: 1988 em Seul e 1992 em Barcelona. Selecionado pelo Portland Trail Blazer, tornou-se o primeiro brasileiro a jogar na NBA dos Estados Unidos, principal campeonato mundial de basquete.